14 de jan de 2011

O mundo é do homem, mas o homem destrói o mundo


   Estou impressionada com tantas catástrofes ambientes acontecendo mundo a fora. Fico me perguntando “por que?”. Pelo que podemos entender, sem muitas delongas, o clima está “louco” assim porque o homem detonou e transformou toda a natureza que encontrou pela frente. Exagero? Será?

   Pensando em se industrializar, se modernizar, evoluir, progredir, prosperar, o ser humano polui o ar, a terra, a água, desmata e queima as florestas, mata e contrabanda animais, constrói cidades, fabricas, estradas, pontes, para o seu bem estar, esquecendo o bem estar da natureza. Tudo isso resultou no desequilíbrio ambiental, no aquecimento global, nos desastres que estamos vivendo agora, mudanças como chuvas e secas fora de época, acima do nível imaginado ou com duração indeterminada, neve em lugares inéditos, alagamentos, desmoronamentos, enfim, a reação da natureza por causa da ação do homem.

   Mesmo sabendo disso, nós, seres humanos, egocêntricos do jeito que somos, sempre estamos achando que quem fez tudo isso com o mundo não fui “eu”, foram eles. Eles que jogaram lixo, eles que desmataram, eles que construíram onde não podia. Mas esquecemos que “eles” também pensam assim e no final das contas não foi ninguém, ninguém é culpado de nada, mas somos.

   Todos nos contribuímos para que essas tragédias, essas mortes, essa destruição esteja acontecendo, pois vivemos nesse mundo, bebemos dessa água, moramos nessas cidades, depositamos lixo, compramos coisas industrializadas, andamos de carro, arrancamos flores, cortamos arvores e desperdiçamos água e energia. Nós também erramos com nossos atos diários, nos também somos culpados. Eu sou culpada, você que está lendo é culpado, seus familiares são culpados, todos os habitantes do planeta Terra são culpados.

   O que fazer para melhorar, ajudar, mudar essa situação? Recomeçar. Nós mesmos temos que melhorar nossos, atos, atitudes, ajudar o meio ambiente em primeiro lugar, cuidar do mundo em que vivemos, mudar o que sabemos que fazemos errado (ainda) pelo que é certo. Isso se chama ‘ter consciência’, ‘ter bom senso’.

   Economizar água e energia dentro de casa já ajuda muito. Não jogar lixo em lugares errados ajuda muito também. Separar o lixo seco (vidro, metal, papel e plástico) do lixo úmido (cascas de frutas, vegetais e legumes) ajuda um monte. Eu acho que reciclar é a palavra chave para todos nós: reciclar nossa mente, nossos atos, nossos padrões. Reciclar.

   O segredo é começar por nós e contaminar os outros, mas contaminar com senso de responsabilidade, de educação, de solidariedade e de civilidade. Isso é que nós precisamos. Lembre-se: o mundo é nosso, vamos cuidar dele.

lixo desastre ambiental enchentes desmoronamentos            alagamentos        nevasca
mortes de passaros

Um comentário:

  1. Maravilhosa essa postagem, vc está certa, Deus foi maravilhoso em fazer todo esse universo pra nós, mas nós " inteligentes seres" por ganância e pela evolução da especie estamos destruindo tudo.Bjos

    ResponderExcluir

Oi! Seja bem vinda(o) para fazer seu comentário!